filho-parto

Com uma misto de angustia, preocupação e adrenalina, recebi a ligação no interfone de que teria que me encaminhar para a sala de cirurgia. O atraso tinha sido grande e, enfim, eu me reencontraria com minha mulher no parto e conseguiríamos dar fim a uma longa espera de 9 meses.

Por mais que as pessoas em volta não percebam, você não imaginam o quanto aquelas 39 semanas demoraram passar. O tempo corre infinitamente mais devagar para os pais de primeira viagem angustiados – principalmente nas últimas semanas, quando tudo está pronto, aguardando a chegada do pequeno e não há nada que você possa fazer para preencher o tempo.

Para você ter um pouco de noção de como foi o processo todo até chegar aqui, vou detalhar os passos que tive na gravidez do primeiro filho.

A gravidez

filho-parto-2
Homens e mulheres recebem a gravidez de forma diferente. Acredito que a mãe nasce antes mesmo do bebê. A partir do momento em que uma mulher se descobre grávida ela já se torna mãe, pois precisa mudar sua rotina, sua maneira de comer e até mesmo de pensar. Seu corpo se prepara para o momento do parto, e durante os 9 meses antes do nascimento, ela já sente seu filho fazendo parte de sua rotina. Mas e os pais?! Quando nascem?

Se para a mulher a mudança acontece de dentro para fora, já para o homem a transformação se dá de fora para dentro. Isso é claro, se ele compartilhar a rotina de uma mulher grávida.

Os sintomas da gravidez são passados para ele através das vontades, enjoos, alterações de humor e transformação do corpo feminino. O instinto protetor vem à reboque, fazendo você pensar muito mais e recalcular sua trajetória de forma a ter saúde (física e financeira) para cuidar daquela pessoinha que esta por vir.

Pelo menos foi assim que aconteceu comigo. Eu já me sentia pai antes mesmo do filho nascer. As responsabilidades foram aparecendo e se acumulando. O lado bom da gravidez é que você ganha um tempo para se adaptar a futura nova realidade: a do pai.

Ainda bem que filho não é miojo…

filho-parto-9

A gestação não é um período de céu de brigadeiro. Ela é recheada de incertezas, de angústias e de pequenas grandes comemorações temporais. O feto sobreviver aos 3 meses é uma delas. A preocupação nos ultrassons com a formação dos órgãos e outro dilema. E, por último, mas não menos importante, evitar doenças e qualquer coisa que prejudique a formação do bebê.

Ou seja, você está sempre comemorando uma vitória e se preocupando com outro problema no instante seguinte.

(No nosso caso ainda teve o agravamento de uma gestação com placenta baixa, o que exigiu cuidados especiais desde o quarto mês e uma constatação de que o parto teria que ser cesáriana).

Mas, se tudo der certo, sua mulher e você chegam inteiros aos instantes finais da gestação, ou aquelas horas que antecedem o parto.

48 horas antes do parto

filho-parto-10
O que poderia acontecer de errado para uma cesária agendada? As contrações de um corpo que quer induzir ao parto normal. Mas, por incrível que pareça, não foi isto que ocorreu. Foi comigo, que sempre tive uma saúde de ferro, vi minha imunidade baixar vertiginosamente nos dias que antecederam o parto.

Febre, gripe, tosse me pegaram de tal forma que cheguei a pensar que não veria meu filho nascer – o que seria um trauma grande demais de quem esperou tanto para aquele momento mágico chegar.

Para evitar a tragédia, procurei me dopar com remédios o máximo que pude comprar (e ser receitado pelo farmaceutico), e descansei, com minha mulher cuidando de mim nos momentos finais (irônico, não?).

Mas, na madrugada do nascimento eu consegui levá-la ao hospital e, embora não estivesse 100%, encarei o parto com as forças que tinha comigo.

O parto: a espera sem fim

filho-parto-12

Com um jejum de 12 horas e tendo que madrugar para chegar ao hospital às 5 da manhã, não há de se esperar o melhor humor dos mundos para a grávida. Mas, até que ela estava encarando bem o processo, apesar do semblante de preocupação ficar cada vez mais estampado em seu rosto a medida que a hora chegava.

(Cabe um adendo aqui. Se você, casal grávido, não quer ficar tenso durante o pré-parto, não avisem a parentes e amigos. A quantidade de mensagem que você recebe do tipo: você está ansiosa? Não ajudam em nada e só deixam os pais grávidos ainda mais ansiosos).

Com ela internada, chegou o momento de levar as coisas para o quarto e voltar e aguardar ser chamado para assistir a cirurgia. Nesse momento, o sofrimento se intensifica.

filho-parto-3

Você só precisa se acalmar e esperar a hora chegar. Afinal, tudo está encaminhado, você não vai ser responsável por nada e só terá que ficar do lado da sua mulher, não esbarrar em nada e ver seu filho nascer.

Só que as coisas não funcionam assim. Você acha que tudo vai dar errado; atrasos acontecem; você acha que não vão te chamar a tempo; se chamarem, você vai entrar na sala errada; enfim, vai perder o nascimento do seu filho que esperou tanto para chegar. Ou seja, certeza que vai dar merda!

Até que você é chamado, coloca a roupa cirúrgica e aguarda (mais uma vez) em uma sala solitário com um interfone na frente. Quando ele tocar, você sobe para a cirurgia.

filho-parto-7

Não precisa nem falar que foram os mais longos e angustiantes minutos. Um filme da minha vida se passou diante dos meus olhos. Desde pequeno até aquele momento, as provações, as pessoas que me foram importantes e tudo que me fez chegar até alí.

Será que estou preparado para ser um pai? Será que ele vai me aceitar? Será que tudo vai sair bem?

Enquanto eu discuto comigo mesmo, o interfone toca e, atrapalhado, eu sigo pelo corredor até chegar a sala de parto.

Neste momento, sou tomado por uma adrenalina absurda (tal qual quando fiz minha primeira luta de Muay Thai). Estava quase passando mal, mas tinha que segurar as pontas e não transparecer o nervosismo para minha mulher – naquele momento com a barriga aberta e ansiosa para ver o pequeno sair dela.

Esses minutos que procederam foram tensos demais. Como o meu filho era grande demais, tiveram que aumentar a abertura da cesária e, o que era para acabar em instantes, acabou levando mais tempo e puxa daqui, empurra de lá, dos médicos.

Até que tiraram o bebê da barriga e, após alguns segundos, ele começou a chorar.

filho-parto

Nesse instante eu senti uma alegria que não cabia em mim. Tal qual o final da luta de Rocky – Um lutador, aquele sentimento de realização transbordava. Peguei ele no colo e fiquei paralisado: ele chorando, sujinho, aquela pessoinha era parte de mim e agora só dependia da gente para sobreviver.

Não sei se chorava ou sorria, mas saiu involuntariamente um PUTAQUEOPARIU sem querer.

Olhei com um sentimento de gratidão para minha mulher, que teve que abdicar muitas coisas para este projeto de maternidade. Que cuidou, aguentou dores e amou este ser ainda na barriga durante 39 semanas. Milena, nenhum obrigado será suficiente para agradecer o que fez (e o que ainda vai fazer).

E o que mudou em mim quando meu filho nasceu?

filho-parto-6
Para mim, o parto não serviu como uma pílula mágica de transformação de um homem comum em um pai de família. Já me sentia pai antes mesmo dele nascer. O nascimento só serviu para materializar o amor que sentia, agora com um rosto, um sorriso, mãozinhas e pés.

Nos instantes que se seguiram, eu fiquei hipnotizado com o milagre de existir. Aquele serzinho cheio de vida, berrando por atenção e carinho e, a cada vez que eu parava para observá-lo, era como se ficasse ainda mais apaixonado por ele.

filho-parto-11

É claro que não dormimos no primeiro dia. É claro que foi bem difícil nas primeiras horas. Mas, posso dizer que o sentimento de prazer, satisfação e paixão que chega com seu filho compensa todo perrengue que se seguiu durante a gravidez e nessas primeiras horas.

Se pudesse dar um conselho a você, homem, que está dúvida se tem ou não um filho, posso dizer que, se encontrar uma companheira certa, é uma experiência transformadora que todo cara deveria passar.

Filho, bem-vindo ao mundo! Obrigado por me dar uma alegria e felicidade que nunca tinha sentido. Saiba que estarei ao seu lado sempre que você precisar.

Bernardo, Te amo

filho-parto-8

Comentários