A vida de quem decide morar juntos pode ser cheia de momentos especiais, mas também de muitas coisas nada convencionais. O ilustrador israelense Yehuda Adi Devir decidiu retratar estes pequenos grande momentos de vida, junto com sua companheira, Maya, em desenhos bem divertidos.

+ Casais que dividem os cuidados do filho são mais felizes

A ideia era registrar as particularidades do casal, com muito humor, e realidade. Esse projeto divertido virou uma série “One of Those Days” (Um Dia Desses), em que Yehuda trabalha junto com sua esposa, também ilustradora.

Juntos, eles elaboram as ideias, ele desenha e ela opina sobre cores e uso e tipografia. Cada arte leva um dia para criar vida.

Já falamos deles por aqui. Se liga em mais artes que o casal criou, é impossível não se identificar com algumas das cenas retratadas.

Quando ela esquece o guarda-chuva e você dá o seu

Aquela dupla desafinada cantando no carro

Encarando as suas experiências malucas na cozinha

– “Faz isso parar”

Aquela noite de sexo se transforma em noite de sono no sofá

Teimosa que só ela

– “Me põe no chão! Eu posso trabalhar!”

Visões diferentes sobre o ganho de peso no relacionamento

Quando você descobre que ela é muito competitiva

– “Minha vez!”

Quando os cabeços brancos começam a surgir

Aquela mania que você não consegue largar

– “Amor, você precisa parar de roer as unhas!”

– “Nunca…”

A famosa traição de assistir séries sem você

– “Não é o que você tá pensando!”

– “Cinco episódios sem mim? Como você pôde?”

Quer um conselho: procure uma casa com dois banheiros

-“Eu preciso muito ir! Você tá aí há quase uma hora!”

– “Só um minuto…”

Quando você resolve ser romântico

Amor, são só umas comprinhas…

– “Precisa de uma mãozinha, amor?”

O amor realmente é cego

– “Isso tá lindo, meu bem!”

Quando você se sente um cachorro

– “Sim! Sim! Bem aí! Sim!”

Aquele momento em que você precisa cuidar dela

– “Você só tomou um gole!”

– “E foi um dos bons!”

Quando a preguiça toma conta de vocês

-“A gente não devia tomar banho?”

– “Vamos só trocar os lençóis amanhã”

Comentários