garoto-de-5-anos-corta-o-cabelo-igual-ao-do-amigo

Tal qual o plano infalível do Cebolinha, a ideia do pequeno Jox, de 5 anos, era simples: cortar seu cabelo igual ao do amigo para enganar a professora.

Na sua cabeça, esta era a única diferença que distinguia ele do seu comparça, e sua educadora seria ludibriada.

Ao ser solicitada para ajudar na empreitada, a mãe Lydia Stith Rosebush achou uma linda prova de que as crianças não nascem preconceituosas e publicou o plano no facebook – que até agora contam com mais de 220 mil curtidas e mais de 100 mil compatilhamentos, além das milhares de comentários.

A pequena lição foi simples, Jox ignorou a diferença de cor de pele dele e do amigo. “Ele disse que mal podia esperar para ir para a escola na segunda-feira com o seu novo cabelo como o de Reddy, de forma que a professora não fosse conseguir distingui-los. Ele pensou que seria hilário confundir a professora com o mesmo corte de cabelo”, contou na publicação.

garoto-de-5-anos-corta-o-cabelo-igual-ao-do-amigo-2

This morning Jax and I were discussing his wild hair. I told him that he needed a haircut this weekend. He said that he wanted his head shaved really short so he could look like his friend Reddy. He said he couldn’t wait to go to school on Monday with his hair like Reddy’s so that his teacher wouldn’t be able to tell them apart. He thought it would be so hilarious to confuse his teacher with the same haircut.
Here’s a picture of Jax and Reddy from their Christmas program. I’m sure you all see the resemblance.
If this isn’t proof that hate and prejudice is something that is taught I don’t know what is. The only difference Jax sees in the two of them is their hair.

“Hoje de manhã, eu e Jax estávamos conversando sobre seu cabelo rebelde. Eu disse que ele cortaria neste fim de semana. Ele me disse que gostaria de raspar a cabeça para ficar igual ao amigo Reddy. Ele disse que mal podia esperar para chegar à escola na segunda com o cabelo como o de Reddy para que seu professor os confundisse. Ele acreditava que seria hilário confundir o professor com o mesmo corte de cabelo.

Aqui está uma foto de Jax e Reddy na apresentação de Natal. Tenho certeza de que todos vocês percebem a semelhança.

Se isso não é uma prova de que ódio e preconceito é uma coisa que é ensinada, eu não sei o que é. A única diferença que Jax enxerga entre ele e o amigo é o corte de cabelo”.

Uma pequena e simples lição de que os pequenos não nascem com preconceitos ou estereótipos. É a sociedade e as pessoas envolta dele que colocam em suas cabeças com o passar do tempo.

Uma baita reflexão para vocês, pais e mães, fazerem na hora de criar seus filhos!

Comentários